Empregabilidade e satisfação dos diplomados de uma instituição de ensino superior: indicadores preliminares

Sónia Brito Costa, Rui Antunes, Juan José Maldonado Briegas

Resumen


O objetivo deste estudo foi conhecer os índices de empregabilidade e satisfação com a formação numa Instituição de Ensino Superior (IES) numa amostra constituída por 1693 diplomados, com uma média de 29,05 anos de idade (Dp7,67). A análise estatística foi efetuada através do Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 20.0 para Windows. Verificou-se que, 72.7% dos diplomados se encontram empregados, a obtenção desse emprego dá-se na maioria (82,9%) até um ao após a conclusão dos estudos e o emprego é maioritariamente (80.9%) na área de formação, sendo que dos que encontravam empregados à data de conclusão dos seus estudos, a maioria (64.6%) não mudou ainda de emprego. Quanto à situação contratual atual dos diplomados que se encontram empregados, 55.7% como trabalhadores por conta de outrem. No que concerne à necessidade de formação complementar à formação académica, 55.1% do total dos inquiridos referem ter sentido necessidade, mas apenas para progressão na carreira. Quanto à avaliação que os diplomados fazem à sua formação recebida, pela IES no que diz respeito à da adequação da formação obtida no curso que frequentaram para o exercício de funções profissionais na área, salienta-se que a maioria (86.3%) pontuam de “adequada a totalmente adequada”. A maioria dos diplomados (92.3%), considera os conteúdos teóricos e a importância dos mesmos para a prática profissional de “relevante” a “extremamente relevante”, 86.1% quanto à avaliação dos métodos de ensino utilizados, quanto à avaliação da atualização dos programas curriculares pontuam nos 87.4%, e 88.4% quanto ao estágio curricular. No que concerne à satisfação global com o curso, 81% dos diplomados inquiridos consideram-se de “satisfeito” a “totalmente satisfeito” relativamente ao curso que frequentaram na IES.


Palabras clave


empregabilidade; satisfação com a formação; ensino superior; diplomados

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Referencias


EUA: European University Association:

EURASHE : European Association of Institution in Higher Education

OFCTESP: Despacho 13057/2016 de 31 de outubro, artº 6 alínea b, c: Acompanhamento diplomados e envolvimento de empregadores

PT 2020 Desafios Educação: Prioridades de Investimento 10.2: Critério 5 Categoria A,4 PO CH candidatura aos CTESP

Resolução da Assembleia da República n.º 53/2012 de 23 de abril, nº 3 alínea b) Critérios acerca da empregabilidade da formação

RJIES (Lei n.º 62/2007, de 10 de setembro) alínea j, n.º 2 do artº 162: empregabilidade dos ciclos de estudos ministrados

RJAES (Lei n.º 38/2007, de 16 de agosto), alíneas e, i), ponto ii), do art.º 18.º Publicação dados

empregabilidade dos diplomados




DOI: http://dx.doi.org/10.17060/ijodaep.2018.n2.v1.1359

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2018 Sónia Brito Costa, Rui Antunes, Juan José Maldonado Briegas

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-SinObraDerivada 4.0 Internacional.

"International Journal of Developmental and Educational Psychology."

Revista Infad de Psicología.

ISSN digital: 2603-5987

ISSN impreso: 0214-9877